Medalha de ouro para o Brasil na Festa de encerramento

A cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, teve chuva, vento, iniciando com a cultura brasileira, teve tempero japonês e acabou em samba, lógico.

As manifestações culturais brasileiras foram apresentadas com muita cor, muitos cantores consagrados, crianças de projetos sociais, grupos representados, bandeiras hasteadas e entregues ao Japão, próximo pais a sediar os Jogos em 2020 e fechou com o desfile de escola de samba, fazendo todo o mundo cair na dança.

O desfile interminável de atletas, descontraídos, após 19 dias de competição, dançando, tirando selfies, foi demorado e muito alegre.

O discurso emocionado do Presidente do Comitê de Organização e presidente do COB, foi de agradecimento e reconhecimento por todos que ajudaram a fazer os Jogos que entraram para a história.

O discurso do presidente do COI, denominando de Jogos do povo”, “Jogos apaixonantes”, “Jogos da beleza” e “Jogos mais felizes”. Estas foram, segundo o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, algumas das expressões mais citadas em quatro bilhões de interações de mídias sociais das contas dos comitês olímpicos ao redor do mundo...

A segurança reforçada pelos militares brasileiros, a alegria dos brasileiros, as paisagens deslumbrantes deixaram os turistas encantados, os atletas satisfeitos e contribuíram para fechar Rio 2016, com medalha de ouro, e sepultar o complexo de “vira-lata” do brasileiro, alcançando o respeito do mundo inteiro.

E agora é começar tudo de novo, pois os Jogos Paralímpicos iniciam em 8 de setembro.

Medalha de ouro para o Brasil na Festa de encerramento
Voltar para Notícias