O triathlon catarinense e seus feitos


Se há algo que muito orgulha a Federação de Triathlon de Santa Catarina são os feitos de sua comunidade.

Nesta semana, o treinador Roberto Lemos, ministra training camp, com a Assessoria Diego Porto de Fortaleza. O treinador Fernando Serra é indicado para Curso Nível I, no México. A treinadora e Profa. Elinai Freitas, introduz a Disciplina de Treinamento de Triathlon, na Unisul, Campus Pedra Branca, em Palhoça, SC.O treinador Ezequiel Colussi é nomeado Delegado Técnico de SC, no Campeonato Brasileiro de Triathlon na Paraíba.

O árbitro Edson Morais, é convocado para atuar como Oficial Técnico nos Jogos Rio 2016, e também como Delegado Técnico Assistente, no Campeonato Brasileiro de Duathlon, em Porto Alegre em abril. O árbitro Cleverson dos Anjos, atua no Campeonato Brasileiro de Triathlon, em 10 de abril em João Pessoa. O árbitro Angelo Bruggemann ministra Curso de Arbitragem em Palmas, Tocantins, para capacitar recursos humanos para o 70.3, em abril, onde também a Profa. Naida Freitas, estará presente.

O atleta olímpico Bruno Matheus passa a residir em Criciúma, Santa Catarina, iniciativa da Sociedade Recreativa Mampituba, a quem irá representar e também ao município nos JASC.

Resultados e participação em provas, é uma constante. Em todas as provas de triathlon oficial ou promocional, há atletas catarinenses.

A atleta Taynara Bonetti é convidada para o transporte na tocha olímpica e também a Profa. Naida Freitas, já confirmada como Voluntária nas Olímpiadas Rio 2016.

O triathlon catarinense e seus feitos
Voltar para Notícias